Cenário é favorável para que o produtor conheça, acesse e contrate novas modalidades de financiamento agrícola no mercado privado

*Por Conteúdo Creditares

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) estuda remanejar recursos ofertados no Plano Safra 2021/22 em razão da elevada procura por crédito. Apenas nos dois primeiros meses do Plano, as contratações alcançaram R$ 64,11 bilhões, alta de 36% em relação ao mesmo período do ano anterior. Os recursos contratados nas linhas de investimentos somaram R$ 18,3 bilhões, apresentando aumento ainda maior, de 61%.

Segundo o Mapa, a medida passou a ser considerada após o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) ter comunicado aos agentes financeiros a suspensão de novos pedidos de financiamento de programas de investimento, pois os que já haviam sido protocolados pelo banco correspondem a grande parte dos recursos disponíveis.

A suspensão de pedidos de financiamento pelo BNDES abrangeu, inicialmente, o PCA (Construção e Ampliação de Armazéns) e o Prodecoop (cooperativas). Posteriormente, os bloqueios também atingiram o Inovagro, Procap-Agro, PCA e parcialmente o Pronaf. De acordo com o diretor de Crédito e Informação da Secretaria de Política Agrícola do Mapa, Wilson Vaz de Araújo, a pasta poderá propor remanejamento de recursos a partir das contratações efetivadas no Sicor/Bacen.

“As necessidades de realocação serão avaliadas à luz das disponibilidades e perspectivas de contratação em cada programa e do desempenho dos diferentes agentes financeiros que operam com recursos equalizáveis. Dadas as limitações de recursos orçamentários e a aquecida demanda de crédito para investimentos agropecuários, é natural que os recursos disponibilizados, embora tenham sido acentuadamente elevados na atual safra, venham a se exaurir antes do final do período, conforme ocorreu no ano passado.”

A agenda do crédito rural está mudando. Quer saber das novas oportunidades de financiamento agrícola? Fale com o time de especialistas da Creditares e tenha acesso a novas fontes de recursos, tornando o seu negócio agro elegível para este novo mercado.

*QUERO SABER MAIS SOBRE O NOVO CRÉDITO RURAL!



Alternativas ao crédito rural oficial

Este fato é mais um que mostra a transformação em curso da agenda do crédito rural, com diminuição gradual do suporte oficial, reforçando que a necessidade de recursos do agronegócio é muito maior do que o governo pode atender. O cenário abre uma nova janela de oportunidades para que o produtor conheça, acesse e contrate novas modalidades de financiamento agrícola no mercado privado.

“Novas fontes já estão disponíveis, com taxas competitivas, prazos maiores, condições diferenciadas, sem destinação específica, onde o produtor pode utilizar o recurso captado seja para custeio ou investimento”, acentua José Corral, CEO da CREDITARES. Segundo o executivo, muitas destas novas opções de crédito para o produtor são acessíveis por meio do formato de open banking, que também está disponível para o agronegócio.

>> A agenda do crédito rural está mudando. Quer saber das novas oportunidades de financiamento agrícola? Fale com o time de especialistas da Creditares e tenha acesso a novas fontes de recursos, tornando o seu negócio agro elegível para este novo mercado.

*QUERO SABER MAIS SOBRE O NOVO CRÉDITO RURAL!



:: Notícias relacionadas:


Creditares recebe investimento para impulsionar modelo de open banking no crédito rural


Mercado privado tem apetite para financiar o produtor rural


Alta da Selic encarece financiamentos, inclusive agrícolas


B3 passa a negociar os Fundos de Investimentos do Agronegócio (Fiagro)


Saiba o que é o open banking


Comissão de Agricultura da Câmara destaca nova agenda de crédito para o agronegócio


Crédito rural: captação de recursos em fontes não controladas cresce 32% na safra 2020/21

Creditares completa um ano, alavancando mais de R$ 50 milhões em crédito para o agronegócio


Reajuste dos juros no novo Plano Safra reafirma mudança na agenda do crédito rural


Crédito rural: Agronegócio teme juros mais altos e menos recursos equalizados no novo Plano Safra


Crédito rural: Volume ofertado pelos bancos privados para os produtores rurais aumentou mais de 20%, diz Febraban


Crédito rural: FIAgro vai ampliar e tornar mais acessível recurso privado para o produtor rural

Crédito rural: pesquisa revela quais são as principais dificuldades para o produtor acessar o financiamento agrícola


Captação de crédito rural em fontes não controladas cresce 6% na safra 2020/21


Desbloqueio de recursos subvencionados do Plano Safra depende de votação de Projeto de Lei, afirmam ministérios da Agricultura e da Economia


Crédito rural: títulos verdes avançam como alternativa de financiamento no agronegócio


Bloqueio do Plano Safra atual e aumento de incertezas quanto ao próximo acentuam necessidade de nova agenda para o crédito rural


Crédito rural: BNDES lança nova modalidade de operação destinada a alavancar recursos privados ao agronegócio

Crédito rural: Cortes orçamentários colocam em risco novo Plano Safra, diz Ministério da Economia


Produtor precisa de instrumentos mais modernos para captação de crédito rural, diz FPA


Creditares é selecionada para programa de capacitação e aceleração do Sebrae


Crédito rural: Corte no orçamento da União para o agro ameaça Plano Safra

Captação via Letras de Crédito do Agronegócio cresce 30% no acumulado da safra 2020/21

Ferramentas digitais entregam mais e melhor crédito para o produtor


Crédito rural: Agrofintechs têm grande potencial para financiar o produtor, diz CNA


Crédito rural: produtor, você está atrasado no planejamento da safra 2021/22?

Crédito rural: produtores e produtoras rurais: a trilha para acessar mais e melhor crédito


Crédito rural: próximo Plano Safra vai esbarrar no ajuste fiscal


Crédito rural: Ministério da Agricultura vê como avanço expansão da política de diversificação das fontes de financiamento para o agro


Crédito rural: Demanda do agronegócio é superior ao que é ofertado pelas fontes oficiais, diz CNA


Crédito rural para custeio antecipado beneficia planejamento do produtor

Crédito rural: Letras de Crédito do Agronegócio (LCAs) avançam no custeio da produção


CNA discute prioridades na política agrícola em 2021

Agenda de financiamento do agro é cada vez mais vinculada à captação no mercado privado